Quando aparecem escolhas.

18 de abril de 2011


Já imaginou, você está certa do seu objetivo e de repente se ver atraída para um lado totalmente oposto? E quando esse objetivo é uma pessoa como fica?
Gabriela era totalmente certa do que queria, seu grande amor desde o jardim de infância era Pedro, o seu coleguinha que dividia o lanche e anos depois dividia seu coração. Faltando pouco tempo para o mês dos namorados, Gabi decidiu tomar coragem e contar para Pedro que não iria aguentar mais e finalmente se declarar, mais no caminho da casa de Pedro, ela teve a sensação de ser observada. Quando dobrou a esquina viu um menino que sempre encontrava no caminho da escola, ele a observava há um tempo, mais nunca falou com ela. Gabi ficou tão surpresa que resolveu parar na casa da amiga antes de ir a casa Pedro. 
No outro dia Gabi foi falar com Pedro na escola e chegando mais cedo na escola, descobriu que o tal garoto misterioso estudava lá, só que de manhã! Ela ficou muito atordoada quando ele veio na direção dela, ela quase não acreditou no que via! Com o passar dos dias eles conversaram bastante e Gabi nem percebeu o quanto tinha deixado Pedro de lado. O seu novo amigo logo começou a ganhar espaço em seu coração e Gabi se deparou com uma situação nunca antes imaginável, a possibilidade de outro amor. Mais como se o seu coração sempre foi de Pedro, como Júlio poderia roubar o lugar de Pedro em tão pouco tempo, ela estava muito desnorteada. No dia 6 de junho, ao chegar ao colégio, Júlio a estava esperando na porta do colégio com um ramalhete de tulipas e uma caixinha, dentro da caixinha tinha um chocolate e um anel muito fofo, e nas flores um cartão que dizia o seguinte:
Com amor, para a mais bela flor que chegou à minha vida, tulipas vermelhas, para a minha namorada.
Isso já estava deixando Gabi louca, mais no fundo ela gostava de Júlio o tanto quanto de Pedro, mais foi Júlio que a conquistou, ganhou sua confiança e mostrou que a amava do jeito que ela é, então, ela aceitou. 
Mesmo com nossa vida definida e certa, sempre pode haver mudanças que nunca imaginamos, e temos que saber quando devemos embarcar em uma nova aventura.