Travel: 2º dia em Salvador

13 de agosto de 2012


No segundo dia nós fizemos um "city tour" com um casal que encontramos no avião e que ficaram no mesmo hotel. Foi mais para eles já que nós conhecemos bem a cidade, mas o guia foi por uns locais que eu ainda não conhecia, apesar de serem famosos, foi muito legal! Primeiro fomos à sorveteria da Ribeira, um dos sorvetes mais famosos da cidade. É muito bom! São dezenas de sabores cada um mais diferente que o outro, uma bola custa R$5,00 mas eles colocam duas '-' se você comprar duas bolas custa R$9,00 e não sei quantas vem.

 Depois fomos pela ribeira até a igreja do Bonfim. Uma coisa que eu não gosto em Salvador são os vendedores ambulantes e "prestadores de serviços" que são muito insistentes, além de tentar vender a todo custo ficam te prendendo fisicamente e dão um jeito de por alguma coisa na sua mão e não querem pegar de volta. Depois de driblar esse problema fizemos uma visita rápida e partimos para o pelourinho, como está no ano do centenário de Jorge Amado por todo canto tinha comemorações e muitas emissoras de TV em frente ao memorial do escritor. 

Depois de andar para cima e para baixo no pelourinho, fomos almoçar por volta das 13:30 horas e fomos no restaurante Sabores da Dadá. O atendimento é ótimo e a comida não demoram para vir, minha dica é a moqueca mista de peixe e camarão que vem com arroz e pirão, serve 2 pessoa bem. Se você vai para Salvador se prepare, em todos os locais a bebida é cara, tem lugares que abusa mesmo, tipo R$4,00 a coca "ks".


Após almoçar fomos visitar um plano elevado que é tipo um bondinho sobre trilhos que liga a cidade alta para a cidade baixa. Assim como o elevador lacerda a entrada é bem baratinha, custa apenas R$0,15 o trecho.



Blusa de malha cinza - Riachuelo
Blusa devoré de seda estampado - Feita em casa
Short Jeans - C&A
Sapatilha - Carmen Steffens
Relógio - Guess
Bolsa - C&A
Colar - Oasáp

Depois de voltar ao hotel descansamos um pouco e fomos ao shopping barra que fica bem perto do hotel, em frente ao cristo. Mudei o look para uma roupa mais quentinha, apesar de não ser quente, venta muito e o clima esfria. Levei várias sapatilhas para a viagem, mas a preta é a mais confortável e acabei usando apenas ela.


Blusa - C&A
Legging com efeito molhado - D'óxido
Sapatilha - Carmen Steffens
Clutch - Oasáp
Anel para unha - Comparatto